» » Há coisas que não se dizem

Há coisas que não se dizem


Há coisas que não se dizem, sentem-se simplesmente.

Coisas que vão para lá daquilo
Que o olhar comum pode alcançar;
Coisas que não se tocam, mas nos tocam;
Que quando os ouvidos procuram,
Desistem, indignos de algo tão belo;
E se o olfacto tentar captá-las,
Esquece a sua verdadeira essência;
Mesmo quando o paladar almeja degustá-las,
Adormece na sua inocência;
Coisas que se revelam algo maior,
Algo que nenhum dos cinco pode sentir
Algo que é amor;
Não se pode exprimir.

Porque amor é sentido,
Na intensidade de um olhar invisível;
No silêncio de um sussurro inaudível;
É algo que podemos tocar, sendo intocável;
É um cheiro tão puro, que não se fareja;
E que um beijo ingênuo vai entregar
A um coração, numa enorme bandeja.